quarta-feira, 20 de março de 2013

Sucesso ou fracasso?



               Dia desses, fui fotografar um aniversário infantil. Festa simples, pouca gente e nada além da mesa temática e do pula-pula. Não tinha o que as pessoas consideram "glamour", como variedade de enfeites, animadores, milhares de comes e bebes. Chega a aniversariante, vestida de princesa. Era, sem dúvidas, uma princesa. Se divertiu a festa inteira, não parava um minuto e era visível a felicidade nos olhos dela e dos coleguinhas.

               Em festas com muito mais coisas, cansei de ouvir tanta gente reclamando, caçando motivos para reclamar. Aí fiquei imaginando, qual seria o resultado da festa: Sucesso ou fracasso?


               De repente, pra muitas pessoas, fracasso. Mas para a aniversariante, era indubitável o sucesso. Fiquei com a sensação de que, por mais que uma ou outra pessoa pichasse, pra mãe também era sucesso. A filha, que era o motivo de todo esforço para a festa, estava feliz e isso valia mais do que qualquer outra coisa.


               Cheguei à conclusão que sucesso ou fracasso só depende de como você vê as coisas. Um plano que não deu certo é fracasso ou oportunidade de enxergar aonde é possível modificar e melhorar? Aliás, o que é sucesso? E o que é fracasso? Uma criança de quatro anos me ensinou que isso é questão de ponto de vista e de se permitir. 




Então...vamos nos permitir. :)

2 comentários:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

permito-me sempre ... acho q sou um sucesso ... rs

Katrine disse...

ahahhhhhhh muito boa a resposta do Paulo ROberto Figueiredo.

Parabéns pelo post.
Uma pena as pessoas acharem que podem padronizar a vida, demonizando sucesso ou fracasso a todo tempo.

Postar um comentário