quinta-feira, 19 de maio de 2011

Não Faz Sentido

Refazer. Não fazer. Desfazer. Fazer. O que fazer? Pra onde ir? Aonde chegar? Por que tem que ser assim? Tem que ser assim?
                Quero dormir e apesar do meu corpo estar em frangalhos, tamanho cansaço, tenho insônia. O corpo implora por descanso, mas a mente se mantém agitada, muito agitada. As cenas já vividas correm freneticamente pela memória, acompanhadas de indagações e das possibilidades de rumo que minha vida tomaria caso eu tomasse certas decisões no lugar de algumas que já tomei.
                E toda essa ansiedade me faz ter vontade de mudar muita coisa na minha vida. Descartar certas coisas que não me fazem bem, ou pelo menos mudar a forma de vê-las ou lidar com elas e com outros aspectos da minha vida, tomar decisões mais concretas e duradouras. E me sacrificar mais em prol das minhas metas. Daqui pra frente, tudo vai ser diferente.

E precisa ser...

(escrito em 03 de abril e perdido no meu caderno... acho que precisava ser encontrado agora,  faz tanto ou mais sentido do que quando foi escrito... )







@malkavianwall 

6 comentários:

DÉIA disse...

Seu blog é muito bom por isso vim até o seu espaço e gostei muito do que li por aqui. Tenho um blog Tb gosto d++ de poemas. E estou te seguindo se VC puder da uma passada La no meu blog. VAI SER UM PRAZER SE PUDER ME SEGUIR...Bejs . Déia.........
Esse é o link do meu blog
http://wwwdeiablog.blogspot.com/

Etiene disse...

adoreii o texto e a imagem então, nossa, sou viciada em tatuagens e essa imagem foi perfeita pro texto.

Adorooooo vc Wall, beijaummmm

Wall ? disse...

Valeu, Déia... =)

Achei que a imagem tinha tudo a ver com o texto, quando a achei, veio a sensação: Po, é essa!

Tbm gosto de vocêe pra caracaaa, Tiiii!

Beijãaao, bem grandãao! =)

Paulo Braccini disse...

Agradecendo e retribuindo o carinho da visita. Muito bom passar por aqui, tão bom que estou linkando para não me perder.

O Fazer e o Refazer, o Criar e o Recriar são sempre oportunidades únicas da vida, são elas que nos ajudam a construir o nosso verdadeiro e definitivo SER.

bjão

Paulo Braccini disse...

ps: tem algo com os Delírios do Malk este espaço aqui? Só para constar ... rs

Wall ? disse...

Eu é que agradeço e fico lisonjeado em saber que há pessoas realmente interessadas ou que se identificam com o que sinto, percebo, penso... enfim ^^

Realmente, a construção do ser é minuciosa e nunca será apenas com flores, os espinhos que estimulam o crescimento, nos faz perceber o que precisa ser melhorado... talvez uma hora exista o ser definitivo, mas até quanto a isso tenho dúvidas. O mundo se alimenta d mudanças... Quanto ao 'Delírios do Malks', não conheço... ah não ser que quando fala em Malks, esteja dizendo sobre os Malkavianos, uma espécie de personagem de um jogo.. se for isso, tem a ver sim! Gostei do lance dos Malkavianos porque o conceito sobre eles é massa, recomendo procurar.. enfim^^

Abração, man! :D

Postar um comentário